A influência da cultura no comportamento do consumidor

“O consumidor é analisado dentro do seu invólucro cultural, sofrendo influência da família, crenças, costumes, valores, idade, sexo, raça, enfim, tudo aquilo que impacta na formação de sua personalidade”   Roger Blackwell.


Hoje vim aqui para falar de um assunto muito interessante. Talvez mais interessante ainda para o público feminino, porém vocês meninos, também podem continuar ligados, pois tenho certeza que será muito útil para vocês homens entender mais sobre o universo feminino e o comportamento do consumidor em relação à cultura de seu povo.

Primeiramente quero dizer, muito obrigada por nos acompanhar aqui no A.PUBLICIDADE. É um prazer enorme poder escrever para vocês.

Por um período em minha vida, tive a oportunidade de viajar para alguns países asiáticos, dentre eles: Coreia do Sul, Tailândia, Japão, Índia, Malásia, Singapura, Indonésia, China…

Na Ásia percebi que ser branco é sinônimo de riqueza. Os asiáticos são malucos por produtos “whitening” (clareadores). O povo de lá têm em mente que se a pessoa for bronzeada, da à intender que ela trabalha na rua, e para ser rico, na ideologia deles, a pessoa deve trabalhar dentro de escritórios.

Esse contexto tornou-se tão cultural, que na Índia inventaram um sabonete intimo clareador para as mulheres, muitas delas sentiram-se ofendidas, deu-se a entender que as empresas estavam insinuando que para as mulheres serem sensuais elas precisariam ser totalmente brancas, dos pés a cabeça, literalmente.   
No Brasil essa moda não pegou, pois aqui o bonito é ter a pele bronzeada do sol, com aquela marquinha de biquíni tão desejada. Porém os produtos faciais clareadores são muito vendidos no Brasil. Foi daí que surgiu a ideia de postar aqui para vocês um pouco sobre o tesouro dos produtos clareadores asiáticos. E de certa forma, explicar um pouquinho como a cultura asiática se comporta perante essa realidade cultural.

Posso dizer que de todos os produtos clareadores que usei, os mais eficazes foram os cremes e máscaras coreanas.  As mulheres coreanas têm a fama de possuir uma pele linda com textura de pêssego. E não é por acaso. A indústria da Coréia do Sul tem investido pesado em produtos orgânicos (sem adição de componentes químicos) e também os inorgânicos.

Além disso, os produtos de estética e beleza ganharam popularidade pela eficiência e resultados surpreendentes. O produto é tão eficaz que, diferentemente de muitos outros que precisam de muita estratégia de marketing para vender, esses se vendem por si só. Nas embalagens constam que faz efeito em uma semana e realmente funcionam. Tanto que algumas marcas conhecidas mundialmente como a Netrogena, na Ásia, criou uma linha “whitening” que funciona muito bem.

Sabe aquelas manchas indesejadas que vamos adquirindo com o tempo, devidos a vários fatores como anticoncepcional, exposição ao sol, espinhas na adolescência…? Com esse protetor, eu consegui deixar minha pele lisinha sem nenhuma mancha. Fiquei tão encantada que trouxe um exemplar para minha mãe experimentar, já que a pele dela é mais madura e ela tem manchas de gravidez. Clareou bastante, realmente fantástico.  
Na Coréia do Sul, ao contrário do Brasil é cultural que quando as meninas fazem 15 anos, elas não queiram festas, e sim cirurgias plásticas. Elas começam modificando a pálpebra e o formato do rosto. Lixam o osso da face para afinar, pois os coreanos têm um formato da cabeça quadrada, então elas modelam o rosto conforme desejam. E com o passar do tempo elas vão modificando todo o rosto, até ficarem como uma Barbie.
A cirurgia plástica na coreana é considerada a melhor do mundo, assim como seus produtos de beleza. Um povo viciado pelo padrão de beleza. Já pensou se essa moda pega aqui no Brasil? Na praia só iríamos ver pessoas de roupa e embaixo do guarda sol para não se queimarem.
Imagine agora uma empresa focada em bronzeadores querendo se “infiltrar-se” em um país com uma cultura como essa. Com certeza não teria êxito.

Viu só como é de extrema importância para o profissional de marketing conhecer a cultura de um local antes de começar a investir o dinheiro de uma empresa?

Os valores culturais são intensos, portanto, através de um entendimento cultural podemos melhorar os índices das vendas e a ascensão de produtos ao mercado. Assim sendo, os profissionais de marketing têm maior probabilidade de sucesso quando agradam aos valores culturais de um grupo.



Veja o vídeo: 100 anos de beleza coreana em 1 minuto e surpreenda-se.

Bacharel em Administração com especialização em Marketing e Publicidade. Publicitário, Viciado em Café e Apaixonado por Marketing Digital ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *