Aplicando o Marketing 3.0 dentro do Endomarketing

Queridos leitores, em uma das últimas aulas de Administração de Marketing (uma das matérias que mais gosto no meu curso), parei para analisar dois seguimentos presentes em nosso meio: O Marketing 3.0 e o Endomarketing. Foi então que percebi quão interessante seria uni-los para auxiliar no crescimento das empresas.

Depois que Kotler genialmente apresentou ao mercado a forte tendência do marketing voltado aos valores (o queridinho do momento: Marketing 3.0), diversas empresas abriram os olhos para a influência que sua imagem tem sobre o consumidor. Focar no cliente, visando conquistar sua confiança e fidelidade à marca acima do seu consumo fez do marketing uma das principais ferramentas no planejamento de uma empresa.
Em contrapartida muitas delas se preocupam tanto com o que desejam “mostrar” ao seu público que acabam esquecendo-se do seu primeiro e mais próximo cliente: o colaborador. A rotatividade de funcionários e o despreparo de suas equipes prejudicam – e muito – tanto empresas grandes quanto as pequenas. Sábias são aquelas que investem na preparação adequada dos funcionários, tornando-os preparados para atender suas funções. O incentivo também se torna um forte aliado na melhora do desempenho do colaborador.
Sabe-se que àquele que trabalha com qualidade, vontade e entusiasmo (principalmente quando se lida diretamente com o consumidor final) transparece ao mercado que o valor da empresa não se baseia somente naquilo que ela faz, mas naquilo que ela é. Afinal, assim como quem faz a igreja são seus fiéis, são os colaboradores que mantem a empresa funcionando.

Investir no colaborador trás um retorno muito maior que valores financeiros; trás confiança! Afinal, acreditar na parceria é a chave para o sucesso” .

Comentários no Facebook