O novo jeito de fazer publicidade para mulheres

As peças publicitárias atualmente vem cada vez mais incitando o que sempre ficou calado, mas que sempre quis ser dito: a busca incansável pela beleza perfeita. E eu lhes pergunto que busca é essa? Falar sobre qual seria o corpo perfeito aqui, seria clichê demais, e você poderia encontrar outros milhões de textos falando isso.

As mulheres querem é ser magras, ou melhor, hoje elas querem ser fitness. E não, isso não é um contraposto para a publicidade, para mim, ou para você leitor, mas, é um abuso de que não quer, e nem pretende, estar dentro dos padrões de beleza determinados sei lá por quem. Vejam só, eu digo beleza, e não saúde, que isso esteja sempre em evidência nesse texto.

A publicidade, obviamente, joga dos dois lados, até por que, não tem sentimento nisso quando a questão principal é visar lucro e fama para uma marca. Por isso o Whey Protein é tão conhecido, assim como a Nutella. Analisem, eles são concorrentes diretos, não é mesmo? Veja pelo modo publicitário de ver a vida, e não pela vontade, enorme, que as propagandas te dão, de poder usufruir dos dois, ao mesmo tempo (quase que impossível).

Por isso hoje é dia, de mostrar, como as marcas estão cada vez mais, dando um chega pra lá em estereótipos feitos por uma ditadura feminista, e linda o tempo todo. Espera aí, quem realmente é linda o tempo todo? Magra, gorda? Ruiva ou loira? Será realmente que precisamos deixar de ser quem somos para buscar a felicidade (não se esqueça da saúde) através de um feminismo bobo julgado pela sociedade?

Por esses dias, foi lançada uma campanha anti – sexista da marca FCKH8, da qual, sempre retrata temas polêmicos que envolvem nós mulheres. Dessa vez, a campanha foi intitulada como “Feministas versus Photoshop”, que dão o recado, de uma maneira bem certeira, através de camisetas, que logo após são tiradas, e mostrando realmente o que importa: se amar! Mostra que rugas, ou tatuagens, não deferem uma mulher do que ela realmente é. Olha só a campanha:

     

No meio do ano, a marca polêmica como sempre, também lançou um comercial intitulado como “Princesas Bocudas”, mostrando que, a mulher também tem voz ativa, e que elas não precisam estar vestidas mal para isso, mas princesas, também são mulheres, e digo mais, são normais hein. Curte aí:

            

Já falamos também, aqui (clique aqui) que o tipo de roupas que as mulheres usam, não diz qual o tamanho do seu caráter. Assim, como o modo que elas se enxergam, não diz o que realmente elas são. Que foi o que a Dove, há algum tempo atrás quis passar no seu comercial. Que as mulheres pudessem retratar o que elas acham de si mesmas, e a gente sabe, que isso na maioria das vezes, vai sair ruim.

          

Pois bem, o mundo da publicidade e suas infinitas possibilidades de compras, escolhas e desejos né? Acredito que, a cada vez que uma agencia conseguir retratar o que realmente sente uma pessoa, mas a marca vai se alavancar, e mais a empresa vai estar de parabéns. O seu humano antigamente, se ditava como as regras lhe eram impostas, e isso também, no conceito beleza. Hoje as mulheres, e homens também, querem se sentir apenas especiais do jeito que são, e é isso que o marketing e que grandes marcas querem e estão fazendo: passar ao consu7midor, o mais sincero possível. E é desse jeito que vão prospectando clientes, e os ganhando, do melhor jeito que se pode fazer algo, SENDO AUTÊNTICO.

Ser verdadeiro, ser você mesmo, fazer com que sua marca seja honesta vai lhe alavancar cada vez mais nesse mundo, onde o bonito está ficando longe de ser magro loiro e ‘popozudo’. Sem mais, podemos aplaudir de pé as marcas que hoje, já conseguem enxergar isso!

Ate a próxima!

Share

Bacharel em Administração com especialização em Marketing e Publicidade. Publicitário, Viciado em Café e Apaixonado por Marketing Digital ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *