Entenda o que é SEO e o que torna essa profissão promissora.

Para quem ainda não conhece, SEO é uma abreviação para o termo Search Engine Optimization, que na língua portuguesa leva o nome de Otimização para Buscas ou Otimização de Sites. O ofício do SEO consiste na otimização de páginas ou sites por completo, com o intuito de facilitar nas buscas através dos navegadores web, como o buscador Yahoo ou o próprio Google, entre dezenas de outros navegadores.

Dessa forma, o site ganha uma melhor reputação na lista de buscas e, através disso, fica muito mais evidente para o público alvo. A profissão de SEO chegou junto com a nova geração de buscadores da web. Antigamente, a organização de páginas era toda feita com base no alfabeto. Hoje, todo o mecanismo de busca baseia-se na relevância e no grau de popularidade dos sites. A otimização de SEO também agrega palavras chaves, que seriam termos que ajudarão o buscador na procura de um determinado site ou página. SEO divide-se em: fatores externos e internos. Os internos tem relação com a página, como por exemplo uma URL mais objetiva, uso de padrões da internet, uso de etiquetas html ou títulos racionais. Os fatores externos analisarão a interação desses sites com outros sites ou páginas ao longo da rede a fim de observar a quantidade de links de direcionamento para o site.À procura de emprego? Clique aqui e confira milhares de vagas em todo o país!

 O que faz um profissional de SEO?

Em termos gerais, esse profissional trabalha na otimização das páginas e sites em todo o cenário virtual. O profissional deve, entre outras especializações, conhecer e dominar fatores ON e OFF Page, criar conteúdo para diferentes clientes ou treinar outras equipes de profissionais. O profissional de SEO também deve conhecer a maioria ou todos os mecanismos de busca existentes, tendo a noção dos códigos php, css e html, além de saber pesquisar palavras chaves de forma estratégica, ter conhecimento em xml e usar as redes sociais de modo que favoreça o cliente.

Como diferenciais, temos o domínio da língua inglesa e conhecimentos de programação, Google Analytics e Marketing. Esses profissionais estão cada vez mais cogitados no mercado e já é possível visualizar um crescente interesse de empresas de diversos setores por profissionais desse segmento. Uma pesquisa feita pela mundialmente conhecida LinkedIn mostrou que, no primeiro semestre de 2015, na área de tecnologia da informação, profissionais de SEM e SEO estiveram entre os mais requisitados. E considerando os avanços da internet, a demanda só tende a crescer. Essa demanda não é apenas por conta da necessidade de gerar tráfego on-line, mas também pela combinação de habilidades que esse profissional apresenta em termos de marketing, estratégia e o próprio domínio das ferramentas virtuais.

Como encontrar vagas na área de SEO?

Primeiramente, é preciso uma especialização na área, além de se ter, pelo menos, os conhecimentos básicos supramencionados para que se possa exercer o cargo de forma plena, o que irá ampliar consideravelmente as chances de contratação. Como segundo ponto importante, o profissional deve estar sempre atualizado e à frente de tudo o que se refere ao universo virtual e suas inovações, visto que ele faz uso delas para poder sofisticar ainda mais suas técnicas e melhorar seus serviços oferecidos. Saber falar a língua inglesa também é um outro ponto positivo, devido ao fato de que a maioria dos recursos utilizados na internet encontram-se em inglês.

Comentários no Facebook