7 Dicas matadoras para iniciar sua carreira de sucesso como freelancer

Antes de iniciar esse nosso bate-papo, eu gostaria de lhe perguntar uma coisa: Você pretende se desprender da sua vida cotidiana e nada produtiva de escritórios? Pretende começar a trabalhar no conforto de sua casa, no horário que você achar melhor? Claro que sim né? Afinal, você não estaria lendo este texto se a resposta fosse não.

Acredite, esse é o sonho de milhares de brasileiros, virar freelancer, trabalhar em casa sem se preocupar em “bater o cartão” (como se o problema fosse só este né?). E isso é possível, porém, não é uma tarefa muito fácil. Tornar-se um “Freela” pode ser a melhor decisão que você possa tomar, mas, se você descuidar-se pode ser a pior. Essa decisão pode lhe dar uma enorme dor de cabeça, portanto, antes de xingar seu chefe e jogar tudo “para o alto”, lembre-se: você terá que correr atrás de seus próprios clientes, aprender a gerenciar melhor seu tempo (e isso não é uma tarefa muito fácil), gerenciar custos, finanças, investimentos, criar suas próprias condições ao entregar um projeto, tornar-se ainda mais responsável, trabalhar melhor seu marketing pessoal e muito mais. A decisão de tornar-se ou não um Freelancer é apenas o primeiro degrau de muito outros.

Seja cauteloso
Jamais pense que o “mundo lá fora” como freela é algo fácil e que tudo são flores como
você imagina que vai ser, de inicio nunca é assim, ou você acha que os clientes vão aprovar seus Jobs de primeira,
vão te pagar em dia e sempre vai ter novos trabalhos? Você acha que irá
terminar seu expediente na quinta feira, vai pegar seu carro e ir à praia? Pode
até ser que sim, mas, meu amigo, isso raramente acontece (e há os que dizem que
isso nem existe – rsrs).
Trabalhar por conta própria não é assim tão simples, você
vai precisa estudar muito, dominar os conhecimentos da sua área, ter
experiência e um bom portfólio. Precisa transmitir confiança e saber vender muito bem
seu “peixe”. Você vai precisar de muita disciplina, boa conexão de internet e
um ótimo ambiente de trabalho. Isso é apenas o básico.
Bom… vamos parar de enrolação e ir as 7 dicas que eu prometi? Tenho certeza que elas vão lhe auxiliar a começar a sua carreira como Freelancer!
1 – Tenha/construa um bom portfólio;
Expor seus trabalhos publicamente é o que chamamos de “café
com leite”, é uma das tarefas que você não vai poder pensar duas vezes antes de
querer iniciar sua jornada como freela, por isso além de você ter seu “portifa”
em mãos, tenha um portfólio online também, pois é através dele que seus
potenciais clientes vão avaliar seu serviço e suas competências.
Use as redes sociais a seu favor e se possível, tenha um
blog, estamos vivenciando a era do marketing de conteúdo. Que tal repassar seus
conhecimentos através de um blog? Diferencie-se, saia da mesmice e mãos-a-obra.
Lembre-se sempre: “quem não é visto não é lembrado”.
2 – Como ter um bom portfólio se eu ainda não tenho clientes
ou Jobs anteriores?;
Que tal começar oferecendo seus serviços a amigos e
familiares? Ou então projetos que você concluiu na faculdade? De início, quando
você não possui um repertório “incrível” para mostrar em seu portfólio, use o
que tiver (quem não tem cão, caça com gato). Ofereça seus serviços a ONGs,
projetos sociais, tenho certeza absoluta que logo-logo com esses Jobs, você vai
potencializar seu trabalho. E nunca se esqueça de praticar, e quando você
cansar de praticar, pratique ainda mais.
3 – Estude muito sobre precificação, prostituir seu trabalho
pode ser um tiro no próprio pé;
Quando você estiver experiência, vai notar que seu portfólio
possuirá trabalhos memoráveis, aqueles que dá gosto de ver, sabe? A partir daí,
comece a procurar por Jobs que realmente valem a pena, não prostitua seus
serviços, você estudou para tal, e sabe muito bem como dói ter de pagar a
mensalidade da faculdade. Portanto, valorize seu tempo e decida quanto vale a
sua hora. Mas cuidado, seja flexível, justo e razoável.
4 – Não tente abraçar o mundo;
Assuma trabalhos que você se sinta confiante e que você
possa entrega-lo em um período razoável de tempo. Ao invés de pegar grandes
trabalhos, concentre-se em entregar um produto único e de altíssima qualidade,
ofereça um bom tempo de retorno e seja criativo. Prometer entregar um serviço na data x e entrega-lo na data y pode “queimar” os seus serviços, tenha muito cuidado quanto a isso, o erro de alguns profissionais é tentar impressionar, prometendo entregar o job rapidamente e muitas vezes acabam deixando o cliente na mão.
5 – Não esqueça do seu cliente, comunique-se;
Mantenha seu cliente sempre a par de tudo o que ocorre,
principalmente sobre os progressos do trabalho. Responda seus e-mails e
ligações prontamente. Lembre-se sempre: ele é seu recurso mais importante. 
Esteja sempre disposto a fazer futuras alterações e ao fim, peça um feedback, ele sendo positivo ou não, virá
para somar. Isso tornará  um fator muito importantes para seu crescimento
pessoal e profissional. 
Use o depoimento de seu cliente a seu favor e divulgue em suas redes sociais, site ou blog, já foi comentado lá em cima“quem não é visto não é lembrado”, depoimento de clientes felizes,
mostrarão a seus potenciais clientes que você tem o que ele precisa.
Ps: Certifique-se de perguntar se não há problemas em publicar
o nome e o depoimento de seu cliente.
6 – Espalhe a notícia;
Não mantenha sua carreira como novo freelancer na gaveta.
Espalhe as boas novas, fale a amigos, familiares e a qualquer pessoa que queira ouvir. Quanto mais pessoas souberem que você é freela, melhor! Nunca subestime
o poder o boca-a-boca.

7 – Nunca pare de sonhar

A dica de número 7 foi retirada de um dos melhores livros de marketing digital do país – Negócios Digitais – uma dica repassada pelo empreendedor Jober Chaves (Fundador do Universidade Inglês – maior escola de inglês online do Brasil).

“Nunca pare de sonhar, pessoas que fazem isso caem em depressão. O sonho é o alimento da alma. Ele exerce um papel vital e fundamental na contrução do nosso caráter, da personalidade, da força para continuar seguindo em frente.

Portanto, não pense que “esse papo de sonhar” é “história para boi dormir”. Todos os grandes nomes da história foram grandes sonhadores. Então, por que fazer o contrário do que os grandes fizeram? Lembre-se sempre: o mundo pertence aos sonhadores”.

Faça seus trabalhos com maestria, entregue sempre dentro do
prazo, mantenha-se produtivo, construa sua reputação, sonhe alto e colha bons frutos.

Boa sorte!

Por: Deivid Vieira

Estudante de Administração com ênfase em Publicidade e Marketing, analista de mídias digitais, auxiliar administrativo e apaixonado pelo universo publicitário assim como o da arte. É amante do Photoshop e está em um relacionamento sério com a criatividade. Adora tocar violão porém mal conhece 2 acordes.

      

Comentários no Facebook