O que é Gamification e como essa estratégia pode ajudar na sua empresa

Durante as primeiras semanas do mês de maio, a equipe do AgoraPublicidade sentou para discutir algumas métricas e estabelecer uma meta de crescimento para o próximo mês. Entramos em contato com alguns amigos e parceiros, trocamos umas idéias e eis que surge a palavra “Gamification” na conversa. “Pow, mas que diabos é isso”? Fomos logo estudar sobre o assunto e ver se realmente essa estratégia poderia nos ajudar de alguma forma, assim poderíamos aplicar no projeto e ainda falar sobre o assunto para nossos leitores.

Pois bem, encontramos uma infinidade de conteúdos relacionados ao termo, porém a grande maioria estava meio vago e com uma linguagem um tanto técnica, e como nós nunca havíamos falar neste termo, precisaríamos de algo mais simples para poder intender, aplicar no projeto e futuramente, poder ajudar nossos leitores a também aplicarem em seus negócios.
E para facilitar a sua vida, resolvemos trazer para o blog uma versão mais simplificada do que é Gamification e como ele pode ajudar na sua estratégia de crescimento:

Gamification ou Gameficação é a utilização de conceitos de game design, utilizados fora de um jogo, como em uma empresa, blog, site ou até mesmo em uma aplicação mobile, com o objetivo de melhorar pontos como motivação, ensino, usabilidade, engajamento, comunicação…
Toda essa história de Gameficação teve início depois da publicação do livro “The Game of Work” – de Charles Coonradt, a trama se concentra em responder uma incógnita:“Porque pessoas pagam para pegar pesado num esporte nas horas vagas ao invés de trabalhar em seus empregos, onde são pagos para isso?

Coonradt então encontra 5 pilares que explicam esse fenômeno, são eles:

• Objetivos claramente definidos;

• Melhor visualização de placar/nota;

• Feedback freqüente;

• Maior liberdade de escolha dos métodos (para atingir os objetivos);

• Treinamento consistente;

A verdade é que o gamification é tão eficaz que ele está presente nas nossas vidas e a gente nem percebe. Você sabia que o próprio Facebook adota estratégias de gamification? Sim! E é muito comum entre as redes sociais, adotarem esse tipo de estratégia. Você se lembra que no dia das mães um novo Reaction surgiu? O Reaction da gratidão é um dos exemplos mas, outros botões como curtir e compartilhar, o número de amigos/seguidores também são considerados parte dessa estratégia, a rede social te incentiva a engajar através de aplicações simples e isso se configura gamification.
Outras redes sociais e mídias digitais exploram elementos mais clichês como barras de progresso, ranking, níveis, recompensas, conquistas… Você usa Linkedin? Se você parar para notar, o próprio sistema te incentiva a completar seu perfil, com o maior número de informações possíveis, e te classifica de acordo com o número de informações indicadas.

Mas, como essa estratégia pode ajudar a minha empresa?

Para ter bons resultados em sua empresa/negócio você vai precisar de uma equipe muito engajada, quanto mais os profissionais estiverem engajados, mais eficazes, produtivos e eficientes serão. Por isso, cabe ao líder se esforçar para promover esse engajamento.
E para facilitar a sua vida, separamos algumas sacadas e metodologias para que isso seja possível. Abaixo, 4 dicas de como utilizar a estratégia de gamification para engajar colaboradores e melhorar os seus resultados:

 

Crie desafios/missões e ofereça recompensas;

Você pode criar algumas missões para o seu colaborador, a cada missão concluída ele passa para a próxima e assim sucessivamente, ao completar x missões perfeitamente e no tempo estipulado, você pode oferecer à ele um prêmio como um vale combustível, vale mercado ou um quantia em dinheiro extra no fim do mês. Isso faz com que seu colaborador sinta-se mais incentivado a completar suas tarefas com perfeição e entusiasmo.

Mostre os resultados publicamente;

Sabe aquela história de que para ser um craque não basta você jogar bem e sim ser reconhecido como? Mostrar os bons resultados publicamente tornarão seus colaboradores “craques” no que fazem, quando os profissionais são reconhecidos publicamente pelo seu trabalho bem feito e pelo resultado positivo que gerou para empresa, a tendência natural é que o colaborador mantenha esse nível de eficiência.

 

Por isso, a dica é que você trabalhe o reconhecimento e principalmente defina os objetivos e as metas. As vezes é ainda mais reconfortante para um funcionário receber o reconhecimento por ter alcançado bons resultados do que alguma recompensa física ou um bônus. Então, meu caro amigo, mostre os resultados publicamente e você colherá bons frutos.

Dê Feedback;

Se o seu objetivo realmente for alcançar bons resultados, nós já descobrimos que uns dos passos mais importantes é manter a equipe muito bem engajada, não é mesmo? Uma equipe bem trabalhada é essencial para o sucesso de qualquer negócio.

 

Por isso mantenha uma cultura de Feedback frequente, pois assim seus colaboradores se sentiram como peças importantes para a organização (e são). Manter essa cultura é essencial para que eles saibam os resultados da empresa e seu desempenho durante determinado período.

 

Faça com que eles se sintam vivos dentro do jogo, quanto mais os seus colaboradores se sentirem valorizados, importantes, à vontade e se entrosando com outros departamentos, mais motivado para realizar determinada função ele estará.
Vale lembrar que: 

Quanto mais motivado estiver à completar x objetivo, mais eficaz estará sendo a estratégia de gameficação porém, se por algum motivo o colaborador se sentir subestimado pela facilidade em concluir as tarefas, é sinal que algo não esta certo, de modo geral, objetivos fáceis demais além de espantar e assustar seus colaboradores, eles se sentiram com a inteligência ludibriada, então tenha muito cuidado.
Bônus 😀 

Separamos para você alguns dos livros sobre gameficação para você que pretende se aprofundar mais sobre o assunto. Bons estudos:

 

A realidade em Jogo:

Nesse fascinante estudo sobre jogos de videogame e comportamento humano, Jane McGonigal defende uma controversa teoria: a de que os games atraem cada vez mais pessoas porque fazem um trabalho melhor do que a realidade para atender aos verdadeiros desejos da humanidade. Escrito tanto para jogadores quanto para não jogadores, A realidade em jogo mostra que o uso desses jogos não precisa ser voltado apenas para o entretenimento solitário e que o futuro pertence àqueles que conseguem entender, criar e jogar videogames.

Gamification – Como criar experiências de aprendizagem engajadoras.

Como criar experiências de aprendizagem engajadoras. Um guia completo: do conceito à prática (DVS Editora), a autora Flora Alves mostra como profissionais que trabalham com ensino e instrução podem utilizar elementos dos games para potencializar resultados. Para isso, ela esmiúça o conceito, cita exemplos reais e mostra como e quando colocar o gamification em prática.
Apesar de estar em voga, especialmente quando relacionado aos diversos tipos de ensino, há ainda pouco material publicado sobre o uso do gamification, o que pode gerar uma série de equívocos.

Bacharel em Administração com especialização em Marketing e Publicidade. Publicitário, Viciado em Café e Apaixonado por Marketing Digital ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *