9 livros que todo publicitário deveria ler

A mente de um publicitário é quase como a de um artista. Ele concebe a peça com criatividade, usa referenciais diferentes, de todos os tipos possíveis, pensa no real significado que a ‘obra’ tem e, principalmente, nos comportamentos que ela pode produzir. Mas, como já comentamos por aqui, se manter inspirado nem sempre é fácil.

É preciso ter atenção aos detalhes, paciência para ouvir, curiosidade para pesquisar, vontade de aprender. Quem está na área, gosta do inédito, tem sede pelo movimento de inovação, e, sobretudo, busca contribuir para fazer uma comunicação diferente já é publicitário – senão por formação, pelo menos por talento.

Mas é claro que mesmo sendo um pouco artista dá para depender só de inspiração. Além de exercer a atividade, é preciso desenvolver um olhar crítico, atento para o que já é feito, criativo o suficiente para reinventar, e instigante para continuar a aprender sempre.

Nesta trajetória, uma das melhores formas de aprender, além de se dedicar à experiência prática e cotidiana, é estudar, ler e descobrir outros caminhos possíveis. Para convidar a galera para a leitura, elencamos uma lista com os 9 livros de publicidade e propaganda que, por certo, todo publicitário deveria ler.

Dê uma conferida nos títulos que sugerimos, mas não se apresse para ler todos em um curto período. O que vale mesmo é apreciar e aprender com cada um. Mas, oh, vê se não perde esta lista, viu?

O Livro Azul da Propaganda, Steve Lance & Jeff Woll.

O que diferencia um bom profissional de propaganda e marketing são as suas boas ideias. No entanto, muitos dos melhores pensamentos de propaganda e marketing parecem ter ficado esquecidos no tempo, e os profissionais que atuam hoje nessa área ficaram sem referência de ideias que deram certo e são atemporais.

Com o objetivo de resgatar e preservar esses pensamentos e torná-los acessíveis aos novos profissionais, Steve Lance e Jeff Woll fizeram uma compilação daqueles que consideram os mais importantes insights de marketing e propaganda, oferecendo ao leitor um manual sobre o que funciona e o que não funciona no atual mundo da publicidade. Cada uma das 52 ideias apresentadas refere-se a problemas cotidianos, trazendo exemplos reais e soluções inovadoras para profissionais de marketing, publicidade e propaganda.

A Lógica do Consumo, Martin Lindstrom.

Estudos revelam que é preciso menos de dois segundos e meio para que um consumidor tome a decisão de comprar. As empresas sabem que têm menos de dois segundos para atrair seus olhos, capturá-lo e torná-lo um cliente. Em ‘A Lógica do Consumo’, Martin Lindstrom leva o leitor aos bastidores das pesquisas que explicam por que determinado produto vende e mostra como o nosso cérebro responde aos muitos estímulos da propaganda. O autor apresenta casos reais de estudos de neuromarketing para desfazer mitos como, por exemplo, o impacto do sexo na mente do consumidor.

Storytelling – Histórias que deixam marcas, Adilson Xavier.

Como o excesso de informação e estímulos do mundo de hoje, os consumidores estão cada vez mais desatentos. Para captar a sua atenção e gerar engajamento e vendas, os profissionais de marketing e comunicação têm reforçado cada vez mais o storytelling, ou seja, a criação de histórias em torno de marcas ou produtos.
A Apple, a Disney, a Coca-Cola, a Ford, as Havaianas e a Nike são excelentes contadoras de histórias e é essa a semelhança fundamental que as une como marcas influentes em vários mercados. Deste assunto é que o livro trata.
Storytelling é um conceito amplo que representa tanto a arte quanto a técnica de narrar uma história. É uma formulação híbrida que o publicitário Adilson Xavier examina por completo ao analisar cada etapa de uma estrutura narrativa.
O storytelling é uma estratégia que engloba todo o plano de comunicação de uma marca e fundamental para a sua construção.
O livro traz ainda várias páginas com QR codes que levam a um site onde é possível ver comerciais de várias marcas citadas nas suas páginas.

Deu branco!, Waldemar Ciglioni Jr.

Quem nunca passou por esta situação? Ao menos uma vez na vida, você já ficou sem ideia, diante de uma tela ou uma folha em branco. Pois, então, o livro fala sobre isso e apresenta um ensaio, uma colagem de textos de gente interessante, articulada e vitoriosa na carreira publicitária. O livro apresenta conteúdo para motivar os profissionais no momento da criação e na busca por ideias criativas, conceito justo e texto enxuto e vendedor. É um breve e despretensioso curso de criatividade que não deseja esgotar o assunto, mas, sim, inspirar estudantes e redatores das novas gerações da moderna publicidade brasileira.

A alma do negócio, Alberto Villas.

No livro, o jornalista Alberto Villas nos propõe uma viagem no tempo e resgata o mundo da propaganda nos anos 1950, década em que nasceu, e também nos anos 1960 e 70.

Você sabia que no auge do regime militar, uma propaganda mostrava uma mulher amordaçada no bagageiro de um automóvel de luxo? Você sabia que os anúncios de cigarro só faltavam vender saúde? E que as mulheres foram à luta, com uma propaganda exigindo o direito de tomar um cafezinho no balcão, coisa que era exclusividade dos homens?

Era uma época em que a mulher sonhava em ganhar um liquidificador de presente do marido, que os homens se orgulhavam em ter uma Amélia em casa e que as mães entupiam seus filhos de fortificantes, para ficarem gordinhos e saudáveis.

Era também um tempo tão diferente do de hoje que às nove horas da noite, um anúncio de cobertores avisava, na televisão, aos pais que estava na hora de pôr os filhos para dormir. Quase impensável, se compararmos com a realidade que vivemos hoje, não é mesmo?

Você vai se divertir e se surpreender com essas propagandas antigas por que elas sempre foram a alma do negócio.

Propaganda é isso aí!, Zeca Martins.

“Propaganda é isso aí!” é um trabalho ao mesmo tempo simples e ambicioso. Simples, porque destrói muitos mitos acerca da área e, também, porque fala uma linguagem absolutamente informal e divertida. Ambicioso porque conduz o leitor a um passeio por todas as áreas da Propaganda, sem exceção – inclusive as de caráter jurídico -, abordando questões sobre planejamento de marketing e vendas (especialidades de ligação umbilical com a Propaganda). Zeca Martins, publicitário com mais de 30 anos carreira, conduz a narrativa do livro com bom humor típico, prendendo a atenção do leitor. Resultado? A obra é referência profissional. Vale a leitura 😉

Cartas a um jovem publicitário, Roberto Duailbi.

Muitos estudantes ingressam na graduação sem saber bem ao certo o caminho que estão escolhendo trilhar. Enquanto isso, os jovens formandos, muitas vezes, se decepcionam ao descobrir que ser um famoso profissional de publicidade é o destino de poucos. Com esse livro, esses estudantes e jovens formandos (e até mesmo veteranos da área) encontrarão um retrato sério e revelador sobre o mundo da publicidade.
Com base em sua ampla e longa experiência na área, Roberto Duailbi discorre, em linguagem acessível, sobre as dificuldades e os caminhos nem sempre glamourosos para se tornar publicitário.

Pequenas Agências, Grandes Resultados, Antônio Lino Pinto.

O livro apresenta situações práticas e linguagem simples para que os profissionais de agências de propaganda envolvidos nas áreas de administração e finanças possam compreender os processos de gestão de seus negócios, e traz temas como: gestão de custos, orçamento, fluxo de caixa, lucro presumido, mudança no faturamento por força da Lei 12.232/2010, vantagens e desvantagens da opção pelo lucro presumido, impostos incidentes sobre as agências, e muito mais. Um livro conciso e abrangente, fundamental para gestores de agências e estudantes universitários que pretendem construir sua carreira no setor. Antônio Lino Pinto, sócio do Grupo Talent, atua há mais de 30 anos no mercado publicitário, e aborda todas as questões com a propriedade de quem tem muita experiência.

Abri minha agência, e agora?, Antônio Lino Pinto.

Nunca se falou tanto sobre gestão como nos últimos anos. Crise em todo planeta, Europa, Ásia, EUA, América Latina. Diante da crise, destaca-se o grande esforço de toda empresa para conseguir conquistar e manter o consumidor fiel a seu produto ou serviço. Este desafio vale também para as agências de publicidade.

E quando se fala em gestão, não nos referimos apenas à gestão financeira: é muito mais abrangente. Ela envolve todos os departamentos de uma empresa, desde o marketing, produção, finanças, pessoas, novos produtos, etc. Pensando nisso, neste livro, Antônio Lino Pinto apresenta as principais oportunidades e desafios que o pequeno e médio empresário de propaganda vai enfrentar ao abrir seu próprio negócio, ou está enfrentando. São informações importantes sobre gestão de pessoas, gestão de estrutura, gestão da operação, business plan, governança corporativa, relacionamento societário e muitos outros.

 Leia mais em: Blog Operand

Comentários no Facebook