Por que alguns publicitários acabam desistindo das agências

Por que alguns publicitários acabam desistindo das agências?

Estamos vivenciando um período de preocupações financeiras, e em meio as crises e diversas dificuldades no mercado, perder um membro da equipe pode se tornar uma grande dor de cabeça para quaisquer agência. Segundo o LinkedIn (rede social para utilização estritamente profissional) a fonte para a solução deste problema pode ser encontrada nos próprios líderes e gestores das agências.

Entenda:

O LinkedIn junto à 4A’s (Associação Americana de Agências de Advertising) realizaram e disponibilizaram uma pesquisa para entender melhor os motivos que fazem alguns publicitários desistirem de suas agências e mudarem de profissão.

Leia também: Quem é Fillipe Luis e porque o seu E-book Vida de Publicitário está entre os mais vendidos

Alguns dados da pesquisa:

• Aproximadamente 54% dos profissionais que deixaram as agências de publicidade afirmam que o principal motivo é a falta de oportunidade de crescimento profissional e desenvolvimento de carreira.

• 50% dos entrevistados estão buscando por maiores desafios.

• 46% disseram que não se sentem motivados pelos líderes das agências.

E agora? Devo me preocupar com os rumos da profissão?

Por mais que isso soe como uma má notícia, na verdade, podemos transformar esses dados em oportunidades para nos destacar entre as agências e os profissionais.

A pesquisa nos mostrou que podemos identificar um problema costumeiro e ajustá-lo, para buscar melhores condições de trabalho na agência, garantindo assim, profissionais satisfeitos, engajados e produtivos.

Leia também: Será mesmo que trabalhar com publicidade é tão legal assim?

Se você é gestor de uma agência, comece hoje mesmo a repensar o seu modelo de contratação (e não se esqueça do plano de carreira). Invista fortemente em seus talentos internos e jamais se esqueça da valorização do profissional.

Quer um exemplos práticos de como fazer isso?

#1 – Promova ao invés de realizar uma nova contratação ao surgir uma nova vaga. Você já analisou o quão motivado vai estar o designer quando ele for promovido à diretor de arte?

#2 – Crie um departamento para realizar bate-papos abertos e honestos entre todo o pessoal da agência. Assim você garantirá mais transparência entre todos os colaboradores. Assim você entenderás as suas angústias e anseios e poderá trabalhar para resolver.

#3 – A valorização financeira também é muito bem vinda. Afinal de contas, quem aqui não precisa de dinheiro, não é mesmo? Muitas vezes, basta um aumento salarial para o funcionário sentir-se importante e ganhar ainda mais ânimo para realizar as suas tarefas diárias.

O que mais essa pesquisa nos revela?

A pesquisa também listou as agências de publicidade que alcançaram a nota exigida para ganhar o selo de “bom local de trabalho” e o resultado é muito satisfatório: de 119 agências brasileiras inscritas, 35 alcançaram a média para serem incluídas na pesquisa.

Concluímos então que as agências de publicidade têm grande apelo por serem locais diferenciados, contendo ar próprio, animação e conceitos inovadores. E são esses os fatores que atraem bons profissionais para as agências.

Se você, gestor, conduz um ambiente de trabalho descontraído, com oportunidades de crescimento profissional, com uma boa faixa salarial, transparente e honesto, meus parabéns! Você sem dúvida alguma não precisará se estressar com abandonos repentinos.

Leia também: 5 fatos sobre o curso de publicidade que você precisa saber

Comentários no Facebook