Tenha segurança no mercado, pesquise!

Olá queridos seguidores, como estão?

Hoje estou aqui para falar sobre um assunto mais técnico. Eu gosto muito do lado bonito do marketing e da publicidade, das marcas, jingles e propagandas de televisão, mas tenho que confessar que sou apaixonada pelo que está por trás dessa beleza toda, que em minha opinião é o mais importante, pois de nada adianta produzir uma bela propaganda sem sequer ter uma direção, sem nem saber para quem está promovendo.

Para captar essas informações e ter sucesso no mercado é preciso muito estudo e uma ferramenta perfeita para colhê-las é a pesquisa, que possui vários modos de ser aplicada e é um dos métodos mais seguros para conseguir as informações necessárias.

A pesquisa de mercado possui uma estrutura que pode ser separada em nove passos que tem início na definição do público-alvo até a tomada de decisões depois de já possuir as informações.

E aí, vamos conhecê-los? 
Primeiro de tudo é hora de identificar os objetivos de fazer uma pesquisa, o porquê de realiza-la. Já sabe a resposta? Ótimo, agora vamos identificar para qual público será destinado a pesquisa – essa parte pode ser mais tranquila para empresas que já existam e já possuem seu público, já para empresas que estão começando é o momento de identifica-lo.

O segundo passo consiste em definir a coleta de dados que são separados em dois tópicos, os dados primários e os secundários. Os dados primários são informações novas a serem obtidas já os dados secundários são dados já existentes que podem ser coletados dentro da própria empresa ou em fontes externas como IBGE e IBOPE.

No terceiro passo é momento de decidir se sua pesquisa irá ser quantitativa que utiliza indicadores numéricos e segue critérios estatísticos para coletar as informações, ou então o método qualitativo que captam informações através de grupos de discussões e cliente oculto.
Imagem Via: www.thecreativecollective.com
Quarto passo, vamos definir a amostra, que é a parte da população que vai ser aplicada a pesquisa,quanto maior a população, maior vai ser a amostra. É nesse tópico também que se entende a margem de erro, que são os 5% a mais ou a menos.

Na metade da estrutura da sua pesquisa é hora de formula-la, os métodos mais usados são os questionários, roteiro de entrevistas e formulário de avaliação, é importante escolher o que mais se encaixa em sua empresa.

No passo seis chega o momento de aplicar a pesquisa, selecionar bem os entrevistadores para que sejam bem educados e boa aparência, a abordagem sempre amigável e com respeito, no caso de cliente oculto a pessoa irá aplicar a pesquisa deve comportar-se como real cliente do estabelecimento.

Na reta final é hora de tabular os dados da pesquisa, no penúltimo passo é o momento em que se elabora o relatório final que irá facilitar na hora de implantar as ações que irão contribuir com a melhoria de seu negócio.

Agora no final, no 9º passo, com as informações obtidas com a pesquisa é de tomar as decisões para melhor e fazer valer a pena todo o trabalho que foi feito.

Tenho segurança em falar sobre isso pois tive aulas e coloquei em prática todos esses passos ao realizar uma pesquisa interna, com dados, questionamentos e um bom roteiro de pesquisa e obtive informações valiosíssimas, uma é que há 46 anos nascia a melhor mãe do mundo! Haha Feliz aniversário Mãe, que venham muitos 6 de maio pela frente. Te amo! 

Bacharel em Administração com especialização em Marketing e Publicidade. Publicitário, Viciado em Café e Apaixonado por Marketing Digital ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *